11 de julho de 2013

Entrevista: autora Juliana Walker.

    Mais uma entrevista realizada para o Escritores iniciantes, projeto do blog, além de uma nova autora parceira.
    Lhes apresento a Juliana Nakazawa Cunha.

Sobre...

A escritora:

- Juliana Nakazawa Cunha, 30 anos.
- Reside em Suzano - SP.
- Utiliza o pseudônimo de Juliana Walker.


"Amo Star Wars de paixão, por isso o Walker em meu nome, de Skywalker, amo livros, tudo relacionado a magia, ao mistério. Sou psicóloga, admiro Freud, um gênio, que descobriu a psicanalise o que me levou a me interessar cada dia mais pelo complexo ser humano".

- Links de páginas para seguir ou visitar:

*Livros para compra: Amazon.com.

Entrevista...

       1.  Esta é sua primeira entrevista a algum blog ou já fez outras?
Não, já dei algumas entrevistas antes, adorei!
      
2.  Quando você teve a ideia de começar a escrever houve algum motivo
especial para isso, alguém da família que já escrevia ou te incentivava a ler,
ou você só queria colocar algumas ideias no papel? Conte-nos um pouco
sobre sua experiência.
Nenhum motivo, apenas uma ideia me surgiu, talvez devido a eu ler muito, e
assistir muitos filmes, mas sempre tive imaginação fértil, e quando resolvi
escrever, me bateu aquela ânsia de que era a hora. Mas não nego que antes tinha
medo de começar.

3.  Quantos livros você já escreveu? Em geral quais temas você procurou abordar neles?
Já escrevi 6 livros, três publicados físico, e três estão na Amazon em ebook.
Gosto do tema romance, sempre com um toque de sobrenatural. Gosto de outros mundos, de criar lugares. Colocar temas que mexem com nosso psicológico (coisa de psicóloga).


4.  Você se inspirou em algum outro autor, ou autora, para escrever seus
livros?
Não diria que me inspiro, mas os romances me tocam muito, assim como livros de fantasia, com seres fantásticos, esses eu amo de paixão, e creio que em algum lugar do meu subconsciente ficou guardado essas informações que eu agora passo para os livros.
E uma confissão, eu tinha medo de começar, e era tão inocente que achava que não haviam tantos escritores nacionais, e procurando por livros nacionais na minha categoria, na época achei um livro da Carolina Munhoz, a Fada, e não sei se foi destino, mas me deu uma força pra começar a escrever e criar a coragem. Foi surreal, assim, como se alguém tivesse jogado o livro na minha cara e dito: “Olha ai, uma autora nacional, que tem muito em comum (amo Londres também) e ela está la. Por que você não?”

5.  Foi difícil até que você conseguisse achar uma editora que publicasse
seus livros? 
No começo achamos várias, mas tem toda aquela coisa de confiança,e errei mesmo, a primeira editora não me dei bem, tanto que sai de la muito mal. Curioso que a primeira foi a que depositei o livro que mais gosto, O Escolhido, que é uma serie de três partes, que amo de paixão, foi minha primeira inspiração e onde pus toda minha esperança. E depois fui super bem recebida pela APED e pela PANDORGA, que hoje são as que publiquei Finitus e O Hospedeiro.
Quanto ao retorno tive muitas criticas com relação à revisão. Admito que errei em não ter contratado eu mesma revisores, pois no Escolhido tem diversos erros, mas como era o primeiro eu na bobeira, e na época não consultei ninguém, achava que a editora cuidava de tudo, era muito inocente em relação a tudo isso, mas hoje já entendo melhor já sei que temos que trabalhar muito também.

6.  Enquanto criava seus personagens se inspirou em algum conhecido, em
suas características físicas ou psicológicas? Estou curiosa, aposto que os
leitores também, para saber se você tem algum cast em mente para os
personagens.
Muitos dos personagens acho que tem muito de mim neles. De minhas crenças, meus gostos.
E o único livro que pensei em um cast foi no Escolhido, que na verdade eu primeiro o imaginei como filme, visualizava cada personagem,o lugar, tudo, depois escrevi o livro.
O cast de O Escolhido, na época que comecei a pensar, era:

Cast da autora - O Escolhido:
Ike – Charlie Hunnan;
Neo- Channing Tatum;
Ana- Keira Knightley.

Adorava pensar em um filme com esses atores, ia ficar demais!

7.  Está com algum projeto novo em andamento?
             Sim, tenho as continuações do Escolhido, na verdade a trilogia toda, que gostaria              de poder arrumar os livros, e lançar toda trilogia.

*Recado da Juliana Walker para outros escritores...
Vou por um trecho que meu amigo Djean, um poeta que não quer se mostrar escreveu:

Me atrevo a recordar, desdenhando o que nos ensina,
aprendemos nas dificuldades e vencemos, sempre!
É um longo andar, minado por Ego e dualidade,
iluminados aqueles que amam e gozam, que são iniciados.

Acho que o caminho é árduo, longo, mas não impossível, devemos tentar, e acima de tudo aprender com os erros, que foi o que aconteceu comigo, pois é nas dificuldades que aprendemos a ser mais fortes.

NOS AJUDE A DIVULGAR ESSA IDEIA...
Se você conhece algum outro escritor novato nos informe para podermos entrar em contato ou lhe envie a entrevista e passe nosso e-mail para que depois possamos publicá-la.  Agradecemos pela colaboração!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...